Artigos

  • A importância de um ajuste fiscal

    A boa administração das finanças públicas tem uma prática em comum com a das finanças pessoais, que é a de se gastar menos do que se recebe, exceto em situações excepcionais.
    Isso porque, toda vez que assim não procedemos, estamos formando déficit, que terá que ser pago no futuro e, ainda, acrescido de juros. Na administração […]

  • Mudança na língua portuguesa: uma péssima “ideia”

    Embora tenham ocorrido algumas mudanças positivas no emprego do hífen e na acentuação gráfica, de um modo geral, o novo acordo ortográfico entre os países de língua portuguesa só servirá para dificultar ainda mais sua grafia e pronúncia. Além de tudo, deixará desatualizados todos os livros publicados no idioma até então, para satisfazer uma mudança […]

  • Mercado e estado: complementares e não antagônicos

    No momento em que a economia mundial atravessa séria crise financeira, voltam a ocorrer dúvidas quanto à viabilidade da livre iniciativa e do mercado, como se existisse alguma economia no mundo cujo sucesso não estivesse alicerçado nesses dois fundamentos.

    Adam Smith, grande economista escocês do final do século XVIII, disse: “Não é da benevolência do açougueiro, […]

  • O dever de casa incompleto

    Relativamente à crise financeira mundial, o Presidente Lula disse primeiro que ela não atingiria o Brasil, depois, que atingiria com pouca intensidade, porque o governo fizera o dever de casa.
    No que diz respeito aos fundamentos da economia, o Presidente está com a razão, pois o País vem formando superávit primário, mantendo cadente a relação dívida/PIB […]

  • Déficit zero: uma visão técnica

    Após quatro décadas de déficits estruturais recorrentes, o Governo do Estado apresentou um orçamento sem déficit, resultante de um crescimento de arrecadação inédito e de um ajuste fiscal profundo. Esse crescimento da arrecadação foi um fenômeno nacional, com destaque para o RS, que ficou em segundo lugar no País, se considerarmos o desempenho janeiro/julho do […]

  • Proposta orçamentária para 2009 – Conclusão

    Quando é anunciado um orçamento sem déficit, depois de quase quarenta anos de resultados negativos, o primeiro procedimento que deve ser feito é a verificação da consistência dos dados que produziram esse tão alvissareiro resultado.

    Começando pela receita, a previsão orçamentária apresenta um crescimento nominal de 9,9% sobre 2008 ou 5,2% reais, se considerado como deflator […]

  • A popularidade do Presidente!

    A imprensa noticia que o Presidente Lula está com um índice de aprovação de 80% e seu governo, de 69%.A verdade é que ele está fazendo um bom governo, a despeito dos altos índices de corrupção. O PIB deverá crescer mais de 5% neste ano, com reflexos positivos no emprego, e a inflação, que ameaçou […]

  • Como os municípios se mantêm (2)

    Este artigo e outros que lhe seguirão procurarão esclarecer um assunto sobre o que a opinião pública conhece muito pouco, que é a origem dos recursos com que os municípios se mantêm.
    A receita corrente dos 496 municípios do Estado do RS em 2007 foi de R$ 11,882 bilhões, o equivalente a 61% do mesmo agregado […]

  • Por que acredito no déficit zero

    Para eliminar uma seqüência histórica de déficits orçamentários recorrentes, três medidas governamentais eram indispensáveis: não-cumprimento integral das vinculações constitucionais, contenção rigorosa de despesa e aumento da receita permanente. Pois, foi exatamente isso que o atual governo fez e, por isso, está saindo do déficit.
    Quanto às vinculações, já não vinham sendo cumpridas. As com a educação, […]