Próprios

  • Cuidar da vida e da economia

    Para enfrentarmos o coronavírus são necessárias as medidas que estão sendo tomadas, entre elas, o isolamento social. No entanto, isso não pode se prolongar por muito tempo, sob pena de destruir a economia.

    Quando se fala em economia, não está se falando de aplicações em bolsas de valores, que também são necessárias, mas das empresas, que […]

  • A economia brasileira e a apreciação das propostas dos professores da FCE-UFRGS para o enfrentamento da crise do coronavírus

     

    Inicialmente cabe destacar que nada é mais importante que a  vida, pela simples razão de que nada adianta  termos todos os bens materiais do mundo e não estarmos vivos para desfrutá-los.

    Então, é inquestionável que a primeira preocupação deve ser com a saúde, com a vida das pessoas, mas não podemos esquecer que a pandemia passa […]

  • Lei Kandir, mais uma ilusão gaúcha

    Historicamente, não podendo fazer as reformas que agora estão sendo feitas, o Estado do RS sempre atribuiu as causas de sua crise a fatores externos, o que é verdade apenas em parte. E, em decorrência, esperava sempre a solução por parte do governo federal.

    Quem não lembra do ressarcimento das estradas federais, que sempre constavam dos […]

  • ICMS é uma vigarice do RS?

    O Presidente da República acusa dos estados de não repassarem as reduções dos preços dos combustíveis nas refinarias para o preço final dos produtos, compartilhando a explicação do jornalista Gustavo Victorino em programa na Rede Pampa, em que acusa o governo do Estado do RS de praticar uma vigarice em relação à cobrança do ICMS […]

  • Até quando?

    Quando o então ministro Ruy Barbosa em 1890  criou os tribunais de contas tinha em mente o controle e a moralidade na administração pública.

    Passados 130 anos, se ele fosse vivo, estaria totalmente decepcionado, por ver o órgão de seus sonhos interpretando leis para retirar-lhe a eficácia, como foi o caso da retirada de vários itens […]

  • Contribuição da Brigada Militar é insustentável

     

    A Brigada Militar não tem nenhuma culpa pela contribuição previdenciária de 10,5%, com que poderá ser contemplada na votação a ser procedida pela Assembleia Legislativa, porque não é ela que legisla e nem, tampouco, o governo do Estado, que está seguindo a legislação federal, que não respeita as peculiaridades dos demais entes federados.

    A reduzida contribuição […]

  • Porque o déficit do Estado não é manipulação

    Porque o déficit do Estado não é manipulação
    Darcy Francisco Carvalho dos Santos
    Economista.
     
    Meia verdade é sempre uma mentira – provérbio chinês.
     
    Como estudioso das finanças públicas, sinto-me na obrigação de fazer algumas observações relativas ao déficit estadual de R$ 3,88 bilhões, que seria uma manipulação primária, segundo artigo publicado neste espaço em 17 do corrente.

    Segundo o […]

  • Período das vacas gordas no serviço público acabou

    A maioria dos servidores do Estado é  remanescente da segunda metade do século passado,  de uma época em que  as taxas de crescimento da economia eram altas e a razão entre servidores ativos e inativos era também alta: vindo de quatro por um em 1974.  para apenas 0,7 por um hoje.

    Os que ingressaram posteriormente, numa […]

  • O extraordinário e irresponsável crescimento da folha de pagamento do Estado, 2011-2018

     

    Os governantes no afã de agradar certas categorias de servidores, talvez para formar um nicho eleitoral para o futuro ou até mesmo por motivos mais nobres, acabam concedendo reajustes salariais a servidores numa dimensão muito maior que a capacidade financeira do Estado permite.

    Nesse intento ignoram dois princípios elementares de finanças públicas que é não fazer […]