Política

  • Orçamento federal para 2020 – uma resposta ao Sr.Ciro Gomes

    Em debate de 2/5/2020 na Globo Neews, o Sr. João Almoêdo disse corretamente que o Brasil tinha um déficit antes do pagamento dos juros, no que foi contestado pelo Sr. Ciro Gomes, quando afirmou que 54% do orçamento brasileiro decorrem de juros. Afirmativa dessa ordem é costumeiramente feita por outras pessoas, especialmente por representantes da […]

  • Resposta ao sofisma “ O rombo das contas públicas está no sistema da dívida e não na Previdência Social”

    O tratamento dado ao orçamento público por algumas entidades, entre elas a denominada “Auditoria Cidadã da Dívida”, é um verdadeiro  sofisma, porque mesmo com a aparência lógica, constitui-se numa análise incorreta, irresponsável e enganosa. Senão, vejamos.

    O pagamento da DÍVIDA PÚBLICA  ocorre mediante novas operações de crédito, cuja maioria é uma simples troca de títulos vencidos […]

  • O custo do populismo

    A imprensa informa diariamente a corrupção no setor público e isso gera uma crença generalizada que ela é a maior causa de nossas mazelas sociais.

    No entanto, a corrupção, por mais abominável que seja, porque rouba o muito do indispensável aos mais necessitados, contribuiu muito para nossos males, mas a principal causa deles está no populismo […]

  • Perdas da Lei Kandir, o falso diagnóstico

    Os Estados,  de um modo geral,  atribuem às denominadas perdas da Lei Kandir a culpa por todas suas mazelas financeiras. De fato, as transferências federais vêm caindo e perdendo  importância no contexto das receitas correntes estaduais. No Estado do RS, por exemplo, as transferências federais eram 13,7% das receitas correntes em 2000 e em 2017 […]

  • Cenários para o Estado do RS, 2019-2025

    Calculamos alguns cenários para o Estado do RS, fazendo algumas combinações que permitem projetar o resultado orçamentário (receita total menos despesa total), nos diversos anos acima referidos. Não consideramos as operações de crédito e nem a receita de venda de bens patrimoniais, porque a finalidade foi calcular a necessidade de financiamento em cada ano.

    Com base […]

  • O fisiologismo político no RS

    Home é bicho que se doma/Como qualquer outro bicho;
    Tem, às vezes, seu capricho/Mas logo larga de mão,
    Vendo no cocho a ração/Faz que não sente o rabicho.
    (Poesia Antônio Chimango de Amaro Juvenal)
    A população de nosso Estado elegeu em primeiro Turno, com ampla maioria de votos, o Sr. Tarso Genro para Governador. E escolheu, ao mesmo tempo, […]