economia

  • Mal em Matemática

    Estamos descambando para o delírio. Os movimentos sociais reivindicam direitos de toda ordem, sem a preocupação de como atender esses direitos.
    Querem 10% do PIB para a saúde e também para a educação, além de passe livre nos ônibus. Tudo isso dever vir acompanhado do fim do fator previdenciário e do reajuste de todos os […]

  • Venda de ilusões

    A imprensa tem destacado, e até com certo entusiasmo, a mudança de comportamento dos dirigentes políticos, tanto no executivo como no legislativo e em todas as esferas de governo, no sentido de atenderem as reivindicações oriundas das últimas manifestações de rua.

    Tudo, como num toque de mágica, foi resolvido de uma hora para outra. Aumentaram […]

  • Quanto já foi utilizado dos depósitos judiciais?

    Em abril do corrente, os jornais divulgaram que o governo do Estado transferiu para a conta geral do caixa único R$ 4,2 bilhões de depósitos judiciais.
    Esses depósitos judiciais, ao contrário do divulgado inicialmente, não são de origem tributária. São de particulares e, portanto, para sua utilização devem ser pagos juros de mercado. Os dois […]

  • Deterioração das contas públicas federais

    Conforme se observa na tabela no final, comparando-se janeiro-março do corrente ano como igual período do ano passado, as contas públicas federais apresentaram sensível deterioração.

    A receita líquida, depois de deduzida a parcela dos municípios, cresceu apenas 3,3% no período, o que significou um decréscimo real de 3,1%. Por outro lado, a despesa, cresceu 11,5%, […]

  • Rio Grande ingovernável

    O RS apresenta em suas contas déficits estruturais que vem de longe. Atualmente, pode superar 13% de sua receita líquida, se cumprir tudo o que manda a legislação.
    O governo passado, aproveitando um período de “boom econômico” e com mudanças no ICMS, conseguiu excepcional aumento de arrecadação que, conjugado com uma administração responsável da despesa, […]

  • O déficit de 2012 é maior!

    O governo do Estado publicou os demonstrativos financeiros de 2012, que apresentam um déficit de R$ 732 milhões. Deve ser ressalvado, no entanto, que nos últimos dias do mês de dezembro ingressaram R$ 663 milhões de empréstimos, cuja aplicação será no exercício seguinte.

    Fazendo-se esse ajuste, o déficit do exercício passa para R$ 1,395 bilhão, o […]

  • A caminho da crise fiscal

    Os gastos primários do Governo Central, isto é, a despesa do Governo Central mais a do INSS e do Banco Central, excluídos os juros, num período de 20 anos, desde 1991, apresentam um comportamento crescente, de 0,4% do PIB, em média ao ano, ao passarem de 13,71% para 21,69% em 2011. Esse fato vem sendo […]

  • Repactuação da dívida: a hora é agora

    O Estado do RS formou uma dívida que cresceu de forma exponencial até 1998, quando foi renegociada com a União, semelhante ao que fizeram os demais estados e alguns municípios.
    Essa dívida foi refinanciada em 30 anos, a juros de 6% ao ano e atualização pelo IGP-DI, com um limite de pagamento de 13% da […]

  • O dilema das finanças municipais

    Os municípios, na sua maioria, passam por dificuldades financeiras, cuja causa é atribuída à concentração das receitas na União (o que está certo) e pela redução de sua participação na carga tributária nacional (o que não é exato). As causas dessa difícil situação financeira são tratadas mais adiante.

    A carga tributária nacional, passou de 17,4% do […]