educação

  • O crescimento da despesa com pessoal da Segurança Pública: uma comparação com a Educação.

    Repetindo o que sempre afirmamos quando escrevemos sobre este assunto:  os reajustes da Segurança Pública foram justos e merecidos. Aliás, deles podem ser ditos  todos os adjetivos positivos, porque beneficiam uma categoria que enfrenta a criminalidade, correndo risco de vida a todo o momento.
     
    No entanto, eles não preenchem uma condição substantiva,  que é a […]

  • Magistério: O problema está no sistema

    Há muitas décadas, o magistério estadual reivindica melhoria em seus salários, sem, contudo, conseguir obtê-la. Em 1987, fez uma greve para que o básico para 20 horas fosse de 2,5 salários mínimos, básico esse (sem os multiplicadores)  que está atualmente em menos de um salário mínimo, embora esse último seja hoje muito maior.
     
    Deve ser […]

  • Governo estadual de saia justa (v.2)

    O orçamento  do Estado do Rio Grande do Sul para 2016, recentemente aprovado pela Assembleia Legislativa,  traz um déficit de R$ 4,6 bilhões.

    Há uma corrente de opinião que afirma que o orçamento foi elaborado de forma pessimista. Isso decorre da comparação feita  com o orçamento de 2015. Nessa comparação, a receita total está orçada com um […]

  • Orçamento deficitário

    Na proposta orçamentária para 2013 a receita total  foi estimada em R$ 43,7 bilhões, que, deduzida das transferências internas, atinge R$ 37,9 bilhões, em torno de 12% do PIB estadual. Nesse montante, R$ 36,3 bilhões, ou 96%, são receitas correntes, principalmente,  tributárias. O restante de R$ 1,6 bilhão (4%) são receitas de capital, das quais […]

  • Mais uma lei só para o papel

    O legislador brasileiro pensa que, ao aumentar a destinação de recursos orçamentários, automaticamente estará aumentando a capacidade de investimentos do governo, como se dinheiro pudesse ser criado por mera disposição legal. A lei é somente uma precondição para que se possam realizar as coisas na administração pública, mas é só isso.

    Com base nessa crença criam-se […]

  • O Estado do RS: o que menos despende em educação

    A importância da educação para o desenvolvimento dos povos é ou deveria ser reconhecida por todos, porque tudo o que existe no mundo que propicia o bem-estar humano é fruto do trabalho, que será tão mais produtivo quanto maior for o conhecimento a ele aplicado. O próprio capital é trabalho acumulado, que teve origem no […]

  • Passivo trabalhista pelo não pagamento do piso do magistério

    Recentemente divulguei no Blog Tucanos da Educação que o passivo trabalhista que poderá ser formado até 2014 pelo não pagamento do piso nacional do magistério, considerando a proposta do governo de reajuste parcelado, era de R$ 4,9 bilhões, incluindo nesse montante juros de 6% ao ano, e correção pelo IGP-M, conforme decisão judicial.

    Posteriormente me dei […]

  • Proposta ao magistério: uma falácia

    O reajuste de 23,5% oferecido ao magistério não passa de uma falácia, porque será concedido em três parcelas, sendo a última em fevereiro de 2013, quando já terá ocorrido novo reajuste do piso nacional.
    Então, considerando somente o corrente exercício, seriam concedidos 9,84% em maio e 6,08% em novembro, quando acumulará 16,5%. Fazendo-se a média aritmética […]