endividamento

  • A necessária margem para investir

     

    No passado, enquanto havia margem para endividamento, receita inflacionária e patrimônio para vender, foram feitos grandes investimentos, mas sempre com altos déficits,  quando desconsideradas as receitas extras.
     
    Com o fim da inflação, foram utilizados até se esgotarem os recursos do caixa único e dos depósitos judiciais. Atualmente, a margem para  investir só pode ser buscada […]

  • Os juros compostos e a dívida

    Os juros no Brasil são abusivos, tanto no setor privado como no setor público, em todos os níveis. Entretanto, no setor público,  eles são mais  consequência do que  causa do endividamento e decorrem principalmente de nossa irresponsabilidade fiscal. Se não tivéssemos déficits sistemáticos, não teríamos dívidas e, em decorrência, os juros altos não existiriam.
     
    No […]