finanças públicas

  • Socorro aos Estados: um alerta

    A literatura das finanças públicas está repleta de exemplos de momentos de prosperidade econômica que foram o prenúncio de outros de dificuldade financeira. Bem recentemente tivemos o “boom das commodities”, quando os preços dessas mercadorias cresceram 170% em dólar, com grande reflexo no crescimento da arrecadação federal, que possibilitou a geração de despesa que depois […]

  • Análise das contas do Município de Pelotas

    Síntese final e conclusão
    Pelotas, com 3% da população estadual, ocupa a quarta  posição nesse indicativo no Estado. Seu PIB em 2013 representava 1,8% do PIB estadual, correspondendo à 10ª posição entre os doze municípios mais populosos, em termos per-capita.
    Em 2015, no ICMS que foi distribuído aos municípios  participou com 1,37172%. Em termos per-capita,  posição […]

  • Análise das propostas do governo Sartori

    O governador Sartori está propondo uma série de medidas voltadas para o equilíbrio das contas públicas, sendo, sem dúvida, o maior ajuste fiscal feito até então,  por qualquer governo estadual.
     
    Segundo a imprensa, o governo espera fazer uma economia de R$ 6,7 bilhões em quatro anos, se tudo for aprovado. Não tenho porque, nem como contestar […]

  • Irresponsabilidade fiscal

     

    Estamos todos acompanhando a  crise fiscal dos estados, com destaque para   Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, entre outros.
     
    Como o país atravessa grande recessão econômica, com a consequente queda na arrecadação tributária, fica fácil atribuir a causa a ela, o inimigo externo, sempre o escolhido quando se quer fugir da responsabilidade.
     
    Recentemente, […]

  • A culpa da omissão

    “Quem não se comunica se trumbica.”
    Do apresentador Chacrinha.

    Se alguém me perguntasse qual a culpa do atual governador pelos atrasos salariais e pelo provável não pagamento em dia do 13° salário, eu diria que a culpa dele é ZERO.
     
    O Estado vem de uma crise de décadas, mas que, apesar do ajuste feito entre 2007-2010, ela […]

  • Análise da proposta orçamentária 2017

    Conclusão

    A proposta orçamentária para o exercício de 2017 apresenta um déficit de R$ 3 bilhões, em valores redondos. E como agravante, a dotação para investimentos com recursos próprios alcança tão somente R$ 481 milhões, ou 1,3% da RCL. E esses recursos próprios só podem ser do caixa único ou dos depósitos judiciais (se assim podem […]

  • Os inimigos do equilíbrio orçamentário

    Sei que despertarei incompreensão e ódio por causa deste artigo, mas um impulso maior me levou escrevê-lo. No momento em que se fala em aumentar a despesa somente pela variação do IPCA, atingindo gastos sociais tão importantes como em educação e em saúde, porque, então não acabar com as indexações salariais no serviço público?
     
    A vinculação […]

  • Gastos em demasia, a grande causa

    Referindo-se ao excesso de gastos praticados pelos governos, Margareth Thatcher disse certa vez que “se o Estado gastar demais, ele só pode fazê-lo tomando da poupança ou cobrando mais tributos. E não adianta pensar que alguém irá pagar. Esse “alguém” é você. Não existe isso que chamam de dinheiro público. Existe apenas o dinheiro de […]

  • Impeachment do governador?

     

    Este texto foi escrito como introdução à apresentação que fiz em diversas palestras realizadas (cada uma com alguma modificação), que  pode ser acessada no LINK, em seu final, sob o título “FINANÇAS DO RS: DE ONDE VÊM OS DÉFICITS”.
    Sua divulgação neste blog  visa a contribuir para o debate,  no momento em que se fala […]