previdência

  • Consequências da não reforma da previdência

    Uma das afirmações mais inconsequentes que se ouve é a de que não há déficit na previdência. Uma das alegações é a de que as contribuições para a seguridade social devem ser consideradas no cálculo. Isso é verdade, mas a seguridade social inclui saúde e assistência social, com quem os recursos devem ser compartilhados.

    O governo […]

  • O mito do  superávit  da  previdência

    Recentemente ocorreu uma CPI que apontou a inexistência de déficit na Previdência, não sei baseada em que critérios, porque não me dei o trabalho de ler o relatório, que, em artigo da época, considerei-o inconsequente.

    Sei que focaram nos devedores da Previdência. A necessidade inegável de cobrança desses débitos não autoriza a afirmar que ela ocorrerá […]

  • Inequações estaduais

    SINOPSE

    Este texto analisa os principais entraves para o desenvolvimento estadual, a que denominamos de inequações. Inicialmente, destaca a receita e os fatores que contribuíram nos últimos anos para seu crescimento e a dificuldades futuras, localizadas no crescimento do PIB, que será prejudicado pela demografia, pela geração insuficiente de poupança e pela educação que deixa muito […]

  • Análise dos comentários do Cofecon sobre os aspectos propostos pela PEC 287

    Esta análise faz considerações sobre matéria publicada na Revista Economistas, do Conselho Federal de Economia – Cofecon, do mês de março/2017, nas páginas 26-29, que analisa as propostas da PEC 287, que trata da Reforma da Previdência, desenvolvida nos itens seguintes.

    1. Financiamento da Seguridade e da Previdência Social

    Em primeiro lugar cabe destacar que a afirmação […]

  • Causas da crise fiscal dos estados

    Recentemente concluí estudo que identificou quatro causas que levaram os estados a esta crise fiscal sem precedentes, sendo duas estruturais e duas conjunturais. Nas primeiras está a menor arrecadação do ICMS nos principais estados e o crescimento excessivo da despesa previdenciária. As causas conjunturais são o aumento excessivo das despesas correntes, especialmente com pessoal, no […]

  • Reforma da previdência: um impositivo

    Nietzsche, filósofo alemão, dizia que não há fatos, só interpretações. E só isso que pode explicar as razões daqueles que dizem não haver déficit na previdência.
     
    Vamos aos fatos:
    O déficit do INSS em 2016 foi de R$ 150 bilhões, sendo R$ 104 bilhões rural e R$ 46 bilhões urbano, e cresceu 75% sobre o ano […]

  • A previdência é deficitária, sim

    Para muita  gente não há déficit na previdência. Na Internet e nas redes sociais há muitos textos e vídeos que fazem essa afirmativa. No entanto,  temos uma visão divergente desses que assim pensam, que procuramos demonstrar no estudo que complementa este texto.
     
    O ano de 2016 deverá encerrar com um déficit de R$ 146 bilhões no […]

  • Quem pode fazer a reforma da previdência?

     
    Afirmar  que os beneficiados por leis vigentes em  épocas passadas não podem propor sua alteração é um pensamento reducionista.
     
    Tudo o que existe no mundo está em contínuo movimento. Nunca nos lavamos na mesma água, disse o velho filósofo Heráclito Efésio. Muitas ideias que foram libertárias no passado, no futuro não passarão de rotinas. A realidade […]